Game of Thrones além do entretenimento: o que podemos aprender sobre gestão empresarial com a aclamada série

14 de abril de 2019 não é uma data qualquer. A partir desta data os fãs da série de TV mais aclamada da história estarão ligados, todos os domingos, em cada um dos 6 episódios finais de Game of Thrones. O sucesso da série pode ser medido por números invejáveis; o último episódio da sétima temporada foi assistido por 16,5 milhões de pessoas só nos Estados Unidos, um recorde absoluto em se tratando de uma série de televisão. Desde a estreia, em 2011, foram 110 indicações a prêmios levando 38 vezes o Grammy, considerado o Oscar da TV, um recorde que, segundo especialistas, dificilmente será superado.
Quem conquistará o Trono de Ferro? Objeto de desejo dos principais personagens da trama, se não de todos eles, esta é a pergunta que motiva uma série de fatos meticulosamente planejados e executados pelos protagonistas. Qual estratégia será a vencedora?

Game of Thrones, além do entretenimento, oferece muitas inspirações para o mundo dos negócios e nesse artigo, apresentamos 5 grandes lições para a gestão empresarial.

 

1 – Nunca deixe de planejar

Winter Is Coming”. Este é o título do episódio número 1 da primeira temporada da série, e é também o lema da Casa Stark. Desde o início da trama até recentemente (sétima temporada) Westeros vivenciou momentos de abundância representados pelo longo verão. Apesar do bom momento, Ned Stark, um dos principais personagens da trama, insistia em ter uma visão sistêmica de longo prazo taxada por muitos de “pessimista”. Ao citar inúmeras vezes o lema de sua casa como um alerta, o lorde ensina que devemos aprender com as experiências passadas, afinal ele já havia vivenciado o inverno e sabia dos seus impactos. Também ensina que é preciso estar atento aos sinais que o ambiente em que estamos inseridos nos dá, e que é preciso se antecipar e estar preparado para as crises, para poder lidar com elas da melhor forma possível quando chegarem – porque elas vão chegar.
Quem acompanha a série sabe: Ned Stark sempre esteve certo.
Na gestão empresarial podemos resumir os ensinamentos de Ned Stark da seguinte maneira: Aprenda com o que passou. Nunca deixe de planejar. Esteja ciente de suas fraquezas – se fortaleça! Fique atento a todas as possíveis ameaças que o ambiente externo possa impor e se prepare para lidar com elas.

 

2 – Informação vale ouro

O principal objetivo de cada um dos personagens de Game of Thrones é permanecer vivo; e para serem bem sucedidos nisso, não medem esforços para obter informações sobre seus oponentes e aliados afim de montar a melhor estratégia e plano de ação. Lord Varys aprendeu cedo o valor da informação. O personagem apesar de ter nascido pobre e sem títulos, construiu uma reputação que inspira um misto de medo e respeito. Na trama, Varys já serviu (e traiu) inúmeros governantes, e por isso viu muitas pessoas, inclusive próximas a ele, morrerem enquanto ele persiste. Sua reputação e valorização se dá devido a uma rede de informações que ele mesmo criou e consequentemente tem acesso – por isso ele é também conhecido como “Aranha”.
Ter informação é ter poder, esse é o ensinamento que fica. A informação se torna ainda mais valiosa quando pensamos nos dias atuais; a internet, sobretudo as redes sociais, fazem com que nenhum dado ou informação passe despercebido, além disso o fluxo é muito ágil e não tem fronteiras, ou seja, uma informação disponibilizada na internet fica disponível no mesmo instante para qualquer pessoa no mundo. As informações chegam mesmo quando não queremos, e isso é bom, desde que você saiba o que fazer com elas, e ainda; quando intercepta-las (cuidado para não perder o time) e como analisá-las (não leve em conta tudo o que você recebe, só o que lhe é pertinente).

 

3 – Tenha uma estratégia

A trama de Game of Thrones conta a trajetória de alguns de seus personagens na busca pela conquista do trono de ferro. Cersei deseja o poder acima de tudo, e fará o que for preciso para alcançar seu objetivo e governar os sete reinos a sua maneira. Daenerys deseja o poder, mas mais do que isso; ela quer conquistar o trono para que o mundo seja um lugar melhor e mais justo. Jon Snow não deseja o poder, ele abriria mão do trono se isso representasse a segurança do povo. A partir dessas perspectivas, cada personagem traça suas estratégias e permanece fiel a ela, custe o que custar.
Em algumas empresas, por conta de uma oportunidade, seus gestores agregam processos, produtos, ou serviços que pouco tem a ver com a missão do negócio. O resultado pode ser um conflito de objetivos e a falta de identificação de qual estratégia é preponderante para se atingir os objetivos definidos. Estabelecer uma estratégia e se dedicar a ela é um grande ensinamento que a série Game of Thrones oferece para a gestão empresarial.

 

4 – Se adapte

Já falamos que cada personagem tem como objetivo principal permanecer vivo. Quando as coisas começam a dar errado, ou não seguir o rumo esperado, não se pode perder tempo – principalmente em Game of Thrones, porque isso pode (e provavelmente vai) custar a própria vida. Arya Stark é um grande exemplo de adaptação, irreverência e superação; a garota, que nasceu em uma das grandes casas de Westeros, viu a família ser dizimada quando ainda era uma criança, se viu sozinha em um ambiente repleto de pessoas dispostas a matá-la – Arya no entanto sempre foi muito muito esperta, e apesar de tudo o que lhe aconteceu conseguiu perceber que não sobreviveria se não se adaptasse a sua nova realidade. Arya fixou a mente em um grande objetivo: sobreviver e vingar sua família. Passou por muitos lugares, por muitas situações e pessoas, assumiu diversos papéis; para só, recentemente, poder conseguir começar a trilhar o caminho que a levará a cumprir o seu objetivo.
Na gestão empresarial, assim como na série, não dá para perder tempo. É preciso adaptar-se, porque a adaptação é um ingrediente necessário, não só para a sobrevivência de um negócio, mas para a evolução dele. A televisão tradicional é um exemplo disso; as grandes emissoras já começaram a colocar em prática novas estratégias de retenção dos expectadores, assim como também começaram a remodelar seus serviços quando perceberam que o consumo sob demanda (Netflix) começou a surgir e se tornou uma tendência.

 

5 – Conquiste seu time

Em Game of Thrones todos, ou quase todos, querem o poder; o trono! Quem acompanha a série sabe que em determinado momento da trama haviam tantos requentes à coroa que era difícil se situar sem um pequeno guia mental. Os governantes, ou mesmo os aspirantes, que menos duraram foram aqueles que usaram o medo como estratégia de lealdade. Um dos ensinamentos recentes de Tyrion Lannister foi; o poder pelo medo é instável – porque todos aqueles que estão abaixo de você passam a querer derrubá-lo.
Daenerys Targaryen conquistou cada um dos seus seguidores; não os subjugou, apresentou a eles os seus ideais e ofereceu-lhes o poder de escolha, a liberdade! Além disso, sempre foi fiel a esses ideais, o que fazia com que eles a admirassem ainda mais. Foi desta forma que a garota conseguiu reunir um dos maiores exércitos já vistos na série.
Na gestão empresarial, um líder deve inspirar seus colaboradores. Suas atitudes e comportamentos devem provocar nas pessoas o sentimento de que fazem parte de uma equipe que está empenhada em produzir os resultados necessários para o sucesso do todo.

O que a oitava, e última, temporada de Game of Thrones nos reserva só saberemos assistindo a cada um dos seus seis episódios. Não se sabe se a temporada final agradará os anseios de cada um dos dezenas de milhões de fãs espalhados pelo mundo. O que é certo, é que a trama, em todas as suas peculiaridades, pode nos ensinar muito sobre gestão empresarial. Cada um de seus personagens e as nuances de suas trajetórias podem ser aproveitadas como aprendizagem na jornada de uma empresa rumo aos seus objetivos. A diferença é que as empresas devem se perpetuar e jamais admitir que haverá uma última temporada.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.