business intelligence

O Scoreplan é um Business Intelligence (BI)? Entenda as diferenças

Ferramentas de Business Intelligence ou, BI – como são comumente conhecidas, são soluções tecnológicas que extraem e combinam dados de fontes externas, sistemas de ERP e CRM por exemplo, com o intuito de transformar esse cruzamento de dados em informações relevantes para a tomada de decisão estratégica.

No contexto da Transformação Digital, esse tipo de solução faz toda a diferença, já que ajuda a orientar os rumos que as empresas escolhem tomar.

Embora seja um sistema de gestão, o Scoreplan é um dos softwares mais robustos do mercado para desenvolver BI e tomar decisões com maior margem de acerto.

Vamos ver então como ele funciona e de que forma ele pode ser uma valiosa ferramenta de inteligência de negócios? Continue a leitura!

Quais os pilares do Business Intelligence e qual o seu objetivo?

Business Intelligence, ou inteligência de negócios, é o conjunto de saberes, técnicas, competências e ferramentas usadas para ler um mercado, se posicionar nele e extrair os melhores resultados em atividades produtivas.

Como tal, ele se apoia em três pilares:

  • estratégico – no qual estão inseridos os objetivos da empresa como um todo;
  • analítico – em que estão os processos de coleta e análise de dados para identificação de problemas;
  • operacional – onde estão as atividades de linha de frente, as quais devem ser pautadas conforme as metas estratégicas da empresa.

O que posso fazer com um sistema de Business Intelligence?

Com um sistema de BI (Business Intelligence) você consegue analisar informações, sendo que estas foram baseadas em dados históricos; fatos. A partir disso, é claro, é possível projetar tendências, o que também favorece uma tomada de decisão inteligente.

Mas, a função do BI tem sido “reduzida” a gestão de indicadores. Porque reduzida? Por que indicadores por si só podem trazer tanto informações estratégicas quando operacionais, e quando operacionais por exemplo, não proporcionam inteligência ao negócio, por mais relevantes que sejam.

Prova disso é que muitos indicadores apresentam apenas dados sem tratamento, relevantes sim – dependendo do contexto, mas isoladamente não configuram informações.

Como o BI se aplica na prática?

Para exemplificar; se o seu negócio é um parque de diversões, através do BI você consegue não só saber quantas pessoas andaram em quais brinquedos, mas também a faixa etária dessas pessoas, o gênero, se elas já andaram outras vezes neste mesmo brinquedo, com qual frequência, em quais datas, se as datas representam algo na vida dessas pessoas (aniversário por exemplo), o que elas fizeram depois, em quais outros brinquedos andaram, se ela tem um padrão de comportamento… Tudo isso é claro, havendo boas fontes de dados externas conectadas ao BI.

Então sim, o BI é uma ferramenta muito valiosa se usada da forma correta, somos entusiastas do BI!

Porém, contudo, entretanto… muitas vezes, quando falamos sobre o Scoreplan, somos comparados com ferramentas de BI. “Eu não preciso do Scoreplan, eu já tenho um BI”. As ferramentas de BI, sejam elas quais forem, e o Scoreplan: são coisas completamente diferentes que, sim – podem ser complementares.

Quais questões um sistema de BI ajuda a responder?

Sabendo agora qual é a função correta do BI, eu proponho as seguintes perguntas:

  1. Com um sistema de BI, você consegue definir indicadores e metas e, atrelar esses indicadores a um objetivo macro da empresa (visão de futuro)?
  2. Quando você olha para as informações trazidas pelo seu sistema de BI, consegue dizer o quanto está ou não atingindo os seus objetivos estratégicos?
  3. Com um sistema de BI, você consegue fazer análises críticas entendendo e definido uma causa raiz para resultados não satisfatórios e ainda, criando planos de ação para correção dos desvios?
  4. Com um sistema de BI, você consegue criar uma árvore de indicadores, hierarquizando os diferentes níveis (operacionais, táticos e estratégicos) para entender a relação de causa e efeito entre eles?

Sua resposta para todas essas perguntas muito provavelmente é: Não.

Mas, esse cenário seria completamente diferente se você tivesse o Scoreplan, porque com ele tudo isso é possível.

Além disso, saindo um pouco do contexto “indicadores”, com o Scoreplan você consegue gerir todo o seu planejamento estratégico e financeiro .

Isso sem contar os desdobramentos desses indicadores — dos quais não tem como fugir —, tais como projetos, planos de ação, budget e os riscos inerentes ao negócio.

Veja também:

Quais as funcionalidades do Scoreplan?

Como destacamos no início, o Scoreplan é, por definição, um sistema de gestão.

De qualquer forma, suas funcionalidades são indispensáveis para uma empresa desenvolver BI já que, como veremos, elas trazem revelações sobre sua performance.

Conheceremos cinco das principais delas a seguir. Confira!

Plano de ação

Com o Scoreplan, sua empresa será capaz de criar planos de ação com a ferramenta 5W2H, uma das mais usadas pelas grandes empresas

A solução também permite que você defina a matriz de responsabilidades das ações com a ajuda de alertas automáticos.

Além disso, você poderá gerir as atividades de sua equipe com ferramentas como o Kanban, podendo, ainda, acompanhar e operacionalizar rotinas de trabalho remoto.

Auditorias

As análises feitas por auditorias servem não apenas para detectar falhas, mas também para redefinir estratégias.

Você pode, com o Scoreplan, documentar todas as suas auditorias, registrando normas e gerando ocorrências.

E ainda também pode, definir critérios de gestão e atribuir GUT (matriz de prioridade), além de fazer análises críticas e verificações de eficácia.

Gestão de indicadores

Sem indicadores consistentes, não há como sustentar um plano de ação.

Nesse aspecto, você precisa criar indicadores, definindo, por exemplo, um padrão de cores conforme suas metas para uma gestão visual.

O Scoreplan ajuda a fazer isso com uma interface “clean”, podendo também se integrar ao seu sistema de ERP.

Com ele, você pode, ainda, definir hierarquias com o auxílio de uma árvore de indicadores.

Gestão de projetos

Projeto sem controle tende inevitavelmente a fracassar. Para que isso não aconteça, é fundamental definir fases, prazos, responsáveis e orçamento.

Tudo isso e muito mais você pode fazer com o Scoreplan, que, de quebra, permite acompanhar projetos por meio do gráfico de Gantt.

Vale destacar que, com ele, sua empresa vincula todos os seus projetos aos objetivos traçados no planejamento estratégico.

Planejamento estratégico

Sua empresa não precisa conduzir seu planejamento sempre do mesmo jeito.

É por isso que, com o Scoreplan, você pode optar entre uma metodologia ágil (OKR) ou tradicional (BSC) para sua elaboração e condução — tudo isso com a opção de vincular indicadores para avaliar o desempenho de sua estratégia.

De qualquer forma, business intelligence é um processo em permanente construção.

Para mensurar os resultados das ferramentas de BI e propor as melhorias necessárias a partir delas, você precisa de um suporte no nível da gestão estratégica. Esse suporte, como vimos, pode ser o Scoreplan, um sistema de gestão completo para criar planos de ação, definir estratégias e acompanhar KPIs.

Fica então o convite para conhecer mais sobre o Scoreplan e comprovar de que forma ele pode ajudar sua empresa a dar um salto de qualidade!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.