A importância de revisar e atualizar o planejamento estratégico

A importância de revisar e atualizar o planejamento estratégico começa com a ideia de que deixá-lo em uma prateleira coletando poeira ou até mesmo considerá-lo imutável, é um desperdício de dinheiro e não produz mudanças estruturais na empresa.

O planejamento estratégico não move uma organização em direção aos seus objetivos se não estiver sendo utilizado de fato. Resolvemos trazer essa reflexão porque muitas empresas ainda subestimam a importância e a necessidade deste processo.

Sendo assim, continue a leitura para entender por que é importante revisar e atualizar o planejamento estratégico periodicamente!

Saiba por que revisar e atualizar o planejamento estratégico nas empresas

O planejamento é a força orientadora do negócio em relação ao futuro.

Dito isso, sua importância é indiscutível; e considerando o cenário de mundo atual (V.U.C.A) o planejamento não deve ser só criado e executado, como também precisa ser revisado e atualizado em intervalos previamente definidos.

Algumas organizações revisam seu planejamento estratégico semestralmente (nosso caso), enquanto outras o fazem a cada 1 ou 2 anos — não existe um tempo padrão, cada empresa vai perceber qual é a melhor periodicidade. Lembrando que, o conceito de “longo prazo” atrelado ao planejamento estratégico não mais está relacionado com períodos de 5 ou 10 anos – isso mudou muito, dependendo do seu modelo de negócio 1 ano já pode ser considerado como longo prazo. Reflita que, hoje não conseguimos prever muito sobre o que vai acontecer nos próximos 3 meses, imagine então projetar para mais de 2 anos?!

Enfim, uma das principais razões pelas quais as organizações revisitam seu plano periodicamente é que o processo de revisão coloca os valores e objetivos fundamentais ao alcance de todos os envolvidos, garantindo que estejam alinhados com as prioridades da instituição.

Algumas áreas dentro de um plano podem precisar de análises semestrais, especialmente no primeiro ano. Como mínimo, a liderança e a alta administração devem atualizar o planejamento estratégico anualmente para medir o progresso em direção aos objetivos estabelecidos.

Em suma, o lado positivo de lidar com as revisões planejadas e não planejadas é o fato de que a maioria dos processos iniciais não precisam ser repetidos. Além disso, há muitas lições aprendidas com o processo inicial, de modo que inúmeros erros serão eliminados com as revisões

Entenda a importância de revisar e atualizar o planejamento estratégico semestralmente

O orçamento é uma das áreas que exigem revisão semestral, pelo menos. Isso é claro, dependendo da técnica orçamentária escolhida.

De qualquer forma, os gestores precisam monitorar se o previsto x realizado está alinhado.

Outras áreas que podem ser consideradas necessárias para a revisão semestral, ou até trimestral, incluem aquelas onde mudanças drásticas foram feitas nas táticas usadas ou se todo o departamento foi revisado e uma nova missão foi atribuída.

Este processo de revisão não precisa se transformar em um novo planejamento. A menos que gere mudanças muito radicais.

Descubra os motivos de revisar e atualizar o planejamento estratégico anualmente

A avaliação anual é, normalmente, projetada para que a liderança da organização faça um balanço do progresso. A liderança deve considerar, pelo menos, os seguintes pontos essenciais:

  • Os objetivos foram cumpridos no plano?
  • Existem mudanças importantes na organização não abordadas no plano?
  • Há alguma alteração legal feita (ou em curso) que anula qualquer parte do planejamento?
  • O orçamento do plano está dentro das expectativas programadas?
  • As melhorias táticas planejadas atingiram as expectativas?
  • Com a experiência acumulada este ano trabalhando no plano, falta alguma coisa?

Em caso afirmativo, esta questão precisa ser abordada imediatamente ou pode aguardar a revisão geral planejada?

Conheça quais aspectos devem ser avaliados no momento de revisar e atualizar o planejamento estratégico

Agora que já está esclarecida a importância da revisão e atualização frequente do planejamento estratégico é preciso que os líderes saibam exatamente quais são os aspectos que merecem consideração.

Por esse motivo, listamos a seguir os principais elementos que devem ser monitorados com regularidade em um planejamento estratégico empresarial, veja:

Analisar o cumprimento das metas

Um dos principais objetivos da elaboração do planejamento estratégico é justamente o atingimento de metas.

Dessa forma, é indispensável verificar se os alvos traçados foram alcançados e se a performance de cada área correspondeu às expectativas.

Esse tipo de análise é importante porque permite que sejam realizados ajustes e mudanças a fim de que as equipes estejam sempre caminhando na direção dos propósitos mais relevantes para a organização.

Nesse sentido, é possível estender os prazos, reduzir o nível de exigência de uma meta ou o contrário, redefinir a meta devido ao fato dela ter sido alcançada antes do prazo estipulado.

Compreender as mudanças no ambiente interno e externo

Outra questão que merece ser monitorada diz respeito às mudanças internas e externas à empresa.

Por mudanças internas, podemos compreender, a título de exemplificação:

  • Uma mudança na diretoria ou em um dos setores da organização.
  • A necessidade de demissão em massa ou de contratação de mão de obra extra.
  • A necessidade de criação ou supressão de um novo setor.
  • Mudanças na missão, visão, valores ou cultura da corporação.

Por mudanças externas, podemos considerar as mudanças no macroambiente no qual a empresa está inserida, por exemplo, mudanças políticas, econômicas, tecnológicas, ambientais e jurídicas.

Apenas por meio dos comentários que fizemos acerca dos ambientes internos e externos fica evidente que ambos influenciam e interferem nos objetivos e resultados das empresas, merecendo, portanto, um acompanhamento desses fatores dentro do planejamento estratégico.

Avaliar os pontos que precisam de melhoria

As organizações devem estar constantemente atentas às falhas que se apresentam ao longo do desenvolvimento das atividades empresariais. Isso é indispensável para detectar erros logo no início e impedir que eles se transformem em problemas maiores e mais difíceis de serem resolvidos.

Além disso, toda vez que uma empresa encara de frente suas fraquezas, ela conquista uma grande oportunidade de aperfeiçoar a metodologia de trabalho.

Logo, é muito interessante encarar os pontos que necessitam de melhoria como uma chance de buscar novas estratégias, novos caminhos e quem sabe criar soluções inovadoras, que podem, até mesmo, se tornar um diferencial competitivo no mercado.

Ocorre que, para que os dados apurados possam ser melhor interpretados e compreendidos por todos na empresa, é muito importante que a liderança use alguns indicadores  (estratégicos, táticos e operacionais) para identificar os pontos que precisam de mudança.

Como vimos, revisar e atualizar o planejamento estratégico nas organizações deve ser uma tarefa contínua e planejada. Contudo, o ideal é que o plano seja revisitado toda vez que alguns sinais (no ambiente interno ou externo) apontarem para uma alteração na rota do que foi estipulado.

Agora que você já sabe a importância de revisar e atualizar o planejamento estratégico, compartilhe esse post nas suas redes sociais e ajude seus amigos com as nossas informações!

Gostou deste conteúdo? Então assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail, quinzenalmente, mais materiais como este!