O que é benchmarking e por que adotar essa prática na sua empresa?

Gestores e líderes de empresas que sabem fazer benchmarking têm grande vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes. Por isso, o interesse por essa área tem crescido cada vez mais no mundo corporativo.

Neste post, apresentamos o que é benchmarking e de que forma implementá-lo no seu negócio para ter melhores resultados. Acompanhe!

O que é benchmarking?

Benchmarking é, em tradução livre, uma análise comparativa. Esse método utiliza um conjunto de técnicas e práticas para as empresas melhorarem os seus pontos fracos. Na prática, o benchmarking remete ao processo de busca de melhoria. Esse esforço se baseia na comparação com outras empresas que, em geral, são do mesmo segmento ou disputam o mesmo mercado.

Para que serve?

Normalmente, o benchmarking é o método usado quando um negócio precisa encontrar respostas para desafios que, internamente, tenha dificuldades em lidar.

Por exemplo: se a sua empresa tem problemas com algum fornecedor, deve buscar no mercado um referencial externo — benchmark — para encontrar uma solução viável. Por isso, esse conjunto de técnicas apresenta uma série de outras utilidades. Veja abaixo algumas delas!

Aprimorar o autoconhecimento

Via de regra, quem adota o benchmarking está buscando soluções para problemas detectados internamente. Por isso, ele é um ótimo gatilho para que a empresa aumente o conhecimento que tem sobre os seus próprios limites.

Melhorar os processos

Ao identificar suas falhas e entender o que as empresas bem-sucedidas fazem, abrem-se os caminhos para melhorar os processos internos. Isso pode ser feito até mesmo por quem está indo bem nos negócios. Nesse sentido, empresas como Coca-Cola, Apple e Amazon são bons exemplos de que, por mais líder que determinada marca seja, sempre há espaço para melhorar.  

Motivar a equipe

Quando se coloca em uma posição realista a respeito das próprias dificuldades, a empresa também se mobiliza para saná-las. Dessa forma, as pessoas tendem a se engajar mais, desde que sintam que podem fazer a diferença.

Otimizar os custos

Um benchmarking bem feito é um excelente meio de se reduzir custos. Isso porque sua empresa toma a experiência de outras como referência e, com base nisso, terá um ponto de partida seguro.

Aumentar a produtividade 

Tendo pessoas mais motivadas e custos reduzidos, é inevitável que a produtividade aumente. Logo, o benchmarking pode ser aplicado em ciclos de maneira a promover a melhoria contínua. 

Quais são os principais tipos de benchmarking?

Para funcionar, uma análise comparativa deve ter um ou mais objetivos claros. Para isso, você pode aplicar um dos seguintes tipos de benchmarking:

  • interno: em que a sua própria empresa, filiais ou setores são tomados como referência;
  • competitivo: quando você analisa o que a concorrência fez ou faz de melhor, com o objetivo de superá-la;
  • cooperativo: quando empresas não concorrentes se unem para trocar experiências;
  • funcional: quando uma empresa faz uma adaptação de técnicas ou processos de negócios de segmentos distintos. Por exemplo, uma fabricante de roupas que adapta processos de uma desenvolvedora de softwares

Como colocar esse método em prática?

Não basta apenas saber o que é benchmarking na teoria, certo? Para colocá-lo em prática, veja como a sua empresa deve se planejar:

  • estipule o objetivo a ser alcançado, que pode ser a redução das perdas no estoque;
  • defina as atividades que serão executadas, como cliente oculto ou pesquisa de mercado;
  • determine prazos para cada etapa;
  • selecione o time ou profissional responsável por cada fase;
  • tenha um orçamento e uma previsão de gastos;
  • mapeie os riscos e elabore um plano de contingência, o popular “plano B” para o caso de algo não sair como planejado.

Gostou do conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba semanalmente mais como este!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.