O Carnaval já passou, mas o que as empresas podem aprender sobre Planejamento e Gestão com as escolas de samba?

Passada a euforia das campeãs e a decepção das escolas rebaixadas, é hora de avaliar acertos e erros e começar o planejamento do Carnaval 2020. Tanto a vitória quanto a derrota de cada escola de samba, que fizeram a alegria de foliões por todo o Brasil, são resultados da execução de um planejamento que começou há um ano e que servirá de base para preparar o desfile do próximo carnaval. Enquanto você lê esse artigo, diretores e carnavalescos já estão trabalhando duro para que sua Escola faça um desfile muito melhor daqui a um ano. E as empresas podem aprender muito sobre Planejamento e Gestão com as escolas de samba.

Planejamento e execução

O planejamento de um desfile de escola de samba começa logo após o resultado alcançado no carnaval que recém terminou. As escolas vencedoras sabem que precisam inovar para manter ou superar as notas de cada quesito para se sagrarem campeãs novamente. As escolas que não alcançaram os resultados pretendidos analisam, em função das notas alcançadas, se falharam na execução ou no próprio planejamento.
As empresas precisam aprender com essas lições. A primeira delas é planejar, estabelecer objetivos e metas. Muitas empresas, através de seus dirigentes, esquecem o planejamento estratégico na gaveta, quando possuem um. Segundo estatísticas, 86% dos executivos gastam menos de uma hora por mês com planejamento e, de todos os negócios que possuem planejamento estratégico, 61% deles não os seguem. A outra lição é quanto a execução do que foi planejado. Pequenas correções de rumo são aceitáveis, mas não é possível que ações não previstas no planejamento estratégico consumam tempo e recursos e não entreguem valor e os resultados esperados.
Numa escola de samba, o planejamento é executado minuciosamente. Não seria possível colocar quatro mil pessoas numa avenida, cinco ou seis carros alegóricos gigantescos, trezentas pessoas tocando instrumentos de percussão, todos cantando o samba-enredo ao mesmo tempo e no mesmo ritmo e tudo isso com um tempo cronometrado para iniciar e terminar, sem que houvesse um rigoroso planejamento e uma execução muito próxima da perfeição.

Foco nos Objetivos estabelecidos

Uma escola de samba é, antes de tudo, a representação do modo de ser e de viver de uma comunidade. Quando o enredo é definido, além dos aspectos de viabilidade do projeto, também leva-se em consideração aquele grupo de pessoas que vai dar vida ao enredo trabalhando o ano todo e desfilando na avenida. Para manter milhares de pessoas focadas na realização de suas metas, os objetivos são estabelecidos levando em conta o que todos podem realizar, individualmente ou em pequenos grupos.
Os gestores também podem adotar essa forma de administração dos recursos humanos. Os funcionários de uma empresa formam uma comunidade corporativa. O sucesso do negócio será o sucesso de cada um. Ao se estabelecer objetivos, além das exigências do mercado, as empresas podem aprender com as escolas de samba e propiciar a participação dos seus colaboradores criando canais para que eles façam parte desse processo. Dessa forma, o foco na execução das ações para se atingir os objetivos estabelecidos será muito maior.

Trabalho em equipe

Mesmo as pessoas que garantem não gostar de carnaval reconhecem a beleza do colorido e grandiosidade do desfile das escolas. Tudo o que vimos ali, durante 80 minutos, é resultado de um intenso trabalho em equipe. Desde as senhoras que colam as penas nas fantasias até o engenheiro que projeta os movimentos de um imenso carro alegórico, tudo é necessário e deve ser bem feito. Trabalho em equipe é isso, o carro alegórico poderá perder todo o seu encanto se as penas das fantasias começarem a se soltar na avenida.
As empresas precisam aprender a fazer com que seus funcionários trabalhem em equipe. A melhor maneira para promover essa ação é a valorização de cada atividade e de cada função. Todas as pessoas são importantes para a equipe, e aquilo que cada um faz é necessário para que o resultado pretendido seja alcançado.

Liderança e Engajamento

Assim como o trabalho em equipe é o resultado da valorização de cada indivíduo e do seu talento, o engajamento é o resultado da entrega de todos por um objetivo comum, levar sua escola a ser campeã do carnaval. As lideranças lidam muito bem com o fato de a escola pertencer a comunidade e a comunidade ser a escola de samba. Essa atitude dos Diretores e Carnavalescos produz um engajamento tal que nenhuma pessoa mede esforços para o sucesso do desfile. O engajamento é tão intenso que as pessoas disponibilizam desde seus tempos livres até cômodos de suas casas para armazenar materiais e peças prontas.
Nas empresas talvez não se deseje tanto. Não seria saudável exigir um comprometimento que ultrapasse os limites da corporação. O que os líderes e gestores podem aprender com as escolas de samba é promover um ambiente onde cada colaborador sinta-se à vontade para fazer parte das decisões que o negócio exige. Contratar, formar e promover talentos, administrar egos e facilitar que aconteça um ambiente de muita cooperação e confiança produz resultados incríveis para a empresa e faz com que cada um se engaje para atingir os objetivos e alcançar o sucesso do negócio.

Que tal, você conseguiu fazer a relação do Carnaval, e da gestão das Escolas de Samba, com o seu negócio? Conseguiu tirar alguma lição? Deixe seu comentário!