Entenda como a gestão colaborativa promete revolucionar o seu negócio

O mercado está cada vez mais competitivo e para conseguir se destacar nele é preciso buscar a inovação em todas as áreas da empresa, inclusive nas metodologias de gestão. Nesse cenário, a gestão colaborativa apresenta-se como uma boa alternativa para tornar os colaboradores mais engajados e o negócio mais eficiente.

Essa metodologia visa descentralizar ao máximo a tomada de decisões, de modo que toda a equipe colabore ativamente no processo. Isso pode trazer uma série de benefícios para a empresa, além de atender melhor às expectativas dos colaboradores da geração dos millennials — que buscam por maior liberdade e novos desafios.

Quer entender melhor como funciona a gestão colaborativa? Veja a seguir!

O que é a gestão colaborativa?

Trata-se de uma metodologia de gestão que tira das mãos do líder a responsabilidade exclusiva de tomar as decisões e estabelecer as formas de trabalho na empresa. Dessa forma, ela abre espaço para que os demais membros da equipe possam participar do processo de decisão, compartilhar suas ideias de maneira mais livre e ter responsabilidade pelas estratégias tomadas.

Quais benefícios ela traz para o negócio?

Ao quebrar o modelo hierárquico rígido — que muitas vezes engessa os processos e causa desconforto entre os membros da equipe e o líder —, a gestão colaborativa traz diversas vantagens. Veja quais são as principais.

Surgimento de melhores ideias

A gestão colaborativa exige que todos os membros da equipe mantenham uma comunicação eficiente entre si para que cheguem a um acordo sobre quais decisões devem ser tomadas. Isso faz com que todos possam opinar abertamente e dar novas ideias, de acordo com seus conhecimentos e com a visão estratégica de sua área de atuação.

Assim, surgirão ideias muito mais criativas e inovadoras, que podem fazer com que a empresa encontre novas oportunidades no mercado. Além disso, os colaboradores poderão aplicar melhor todas as suas habilidades que antes poderiam ser subaproveitadas na organização.

Colaboradores mais motivados

Ao sentir que são ouvidos e, inclusive, ver suas ideias sendo aplicadas na prática, os colaboradores se sentirão mais motivados e engajados com o trabalho. Isso faz com que eles se identifiquem melhor com a empresa em que trabalham e se tornem mais produtivos, o que ajuda na retenção de talentos e no alcance de melhores resultados.

Mais agilidade nos projetos

Uma comunicação mais eficiente aliada à soma de ideias variadas, que surgem a todo momento, torna o processo de encontrar soluções para os problemas bem mais rápido. Com um modelo de trabalho mais flexível, tudo passa a funcionar de forma mais dinâmica e as coisas são resolvidas de maneira mais ágil e com menos gargalos nos processos.

Como implementá-la na empresa?

Para que a gestão colaborativa seja implementada com sucesso, é preciso comprometimento tanto do líder quanto da equipe. Ela funciona melhor quando aplicada em equipes altamente capacitadas, portanto, é importante investir no desenvolvimento profissional dos colaboradores da empresa.

Além disso, é preciso garantir que o líder atue de forma alinhada com os ideais de colaboração e cooperação entre os membros da equipe. Ele deve apostar no compartilhamento de informações, oferecimento de feedbacks e troca de ideias como forma de fazer as coisas funcionarem. Além disso, deve garantir que a equipe sempre tenha em mãos os recursos necessários para desenvolver seu trabalho e intervir somente quando necessário.

Como você pôde perceber, ao manter o foco nas pessoas, a gestão colaborativa é capaz de aumentar o bem-estar e satisfação dos profissionais da sua empresa — o que faz com que permaneçam por mais tempo nela. Lembre-se de que a confiança é o pilar dessa metodologia, portanto, é importante ter a transparência como um dos valores da organização.

O artigo foi útil para você? Caso tenha gostado, assine nossa Newsletter e não perca nenhum conteúdo!